Feliz dia do amigo!

Todos dizem que amigos são a família que escolhemos. Eu gosto de dizer que amigos são o anjos que Deus nos providencia.

E tem amigos de tantos jeitos diferentes, não é?

Tem o amigo chato, mas que tem que estar presente. Mesmo de bico,  mesmo cismado. No fim, ele completa sempre o rolêzinho. Tem a amiga perua. A que sempre está com as últimas novidades e dá pulos de felicidade quando encontra a promoção da bolsa que tanto “precisava” e que ajuda na produção de todo mundo na hora de sair.

Tem o amigo zen. O que sempre manda luz e energia boa e que toca o violão, que anda de mochila nas costas, que sorri pra planta e bicho. Vive em conexão com o Universo.

Tem a engraçada dramática. Que chora aos soluços porque o romance de uma semana findou-se. Jura cortar os pulsos com a faquinha do rocambole de goiaba se se apaixonar de novo. E uma semana depois….tudo de novo.

Tem o festeiro que sempre aparece com a famosa gelada. Que agita churras, viagem e todas as trips do grupo. Tem aquela amiga de infância que sempre está perto, que chora junto, que ri, que comemora, que fica quietinha, mas fica.

A galera do colégio que vira e mexe se reúne e sempre imita aquele professor mais engraçado. Que lembra das broncas dos pais, dos grupos de estudos e prometem entre si ” vamos nos ver mais vezes!” e concordem com isso, mas não adianta: só anualmente voltam a se ver e é de novo a bela festa! E a turma aumenta: uns com filhos, outros com seus maridos ou esposas.

Os amigos da família. O primo ou prima preferidos que a gente leva como irmãos. Que nos Natais ficam próximos, rindo da tia da peruca torta, do tio que faz a velha piada do Pavê e gargalha sozinho, da tia que repara na decoração da casa.

Tem os novos amigos que a gente conhece por arranjo divino e já nos aquecem a alma. Em pouco tempo já rouba nosso sorriso, já nos dão os melhores abraços e apresentam a vózinha do interior.

Os amigos que moram longe. Que estão em outro país ou outro estado,mas permanecem aqui no coração da gente e nas nossas orações. Amigos que se a gente respirar mais forte, vêm nos socorrer.

Fala se não dá vontade lembrando de todos os seus amigos lendo esse texto de encontrá-los todos juntos. Me deu essa vontade agora,sabia? De reunir todo tipo de tribo de amigo e brindar, abraçar gostoso sem pressa. Olhar no meio da pupila, beijar a testa. Cantar música bonita.

Dançar  como criança: “Abra suas asas, solte suas feras, caía na gandaia. Entre nessa festa! E leve com você ê ê ê ê seu sorriso mais louco… Quero ver seu corpo livre, leve ,solto!”

Mas como não posso fazer isso agora. Vai meu EU TE AMO sincero para todos aqueles que me ajudam a levar a vida, a driblar os por quês pelo caminho, a dividir pote de sorvete e a tequila.

E pra quem tem amigos bons como os meus, mande uma mensagem, ligue, comemore com ele a benção de terem se encontrado!

FELIZ DIA DO AMIGO!

Beijos e muita luz a todos!

Anúncios
Categorias: Crônicas na Mesa | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: